MEUS SEGUIDORES.TORNE-SE TAMBÉM UM SEGUIDOR! Para se tornar seguidor basta clik em: Particip deste!

****BLOG DO ACS ELISEU****

*************************************************

SINDRAS-PE

.***********************************************

Get Your Own Hi5 Scroller Here

sábado, 31 de julho de 2010

É ESTIMADOS COLEGAS, A VERDADE ESTÁ AI. DESCREDITO DOS COLEGAS

SIM!
  20 (15%)
NÃO!
  62 (49%)
VOTÃO MAIS NÃO APROVÃO!
  12 (9%)
NÃO CHEGARÁ A SER ENVIADO?
  32 (25%)

Votos até o momento: 126
Enquete encerrada

quinta-feira, 29 de julho de 2010

PRESIDENTE DA CONACS COMO CANDIDATA USA ACESSORA JURIDICA PARA CALAR O BLOG

VOTE NA ENQUETE AO LADO!

Recebi ligação poucos minutos de hoje as 21:32 do dia 29/07/2010 da advogada da CONACS em nome da presidente da mesma para dizer que foi ofendida na postagem abaixo que teve sua imagem denegrida. 1º não ouve nenhuma ofensa a pessoa da mesma, 2º ela representa uma categoria nível de Brasil e não fez sequer uma pergunta aos afiliados a nível de Brasil que não são as federações e sim os sindicatos e associações de estaria se lançando ou pretendendo se lançar candidata a deputada e ai está o que chamo de alto promoção porque não é de interesse da categoria a nível de Brasil onde tem filiação, 3º é os ACS e ACE  que mantém as federações estaduais e a confederação logo a consulta é impressindivel, 4º se a advogada que é assessora jurica da CONACS que diretamente é os ACS e ACE está defendendo a mesma como candidata a deputada que é o caso da matéria estar usando erroneamente a posição de assessora jurica da CONACS  para defender uma pessoa que se lança candidata a deputada e ai estar varias irregularidades.

Deixo aqui colega o meu voto de repúdio a mais uma tentativa da diretoria da CONACS  de querer censurar esse BLOG por levar a verdade ao conhecimento dos colegas o que não fazem e tem total obrigação para tal pois ali estar quem foi eleito para nos representar, essa é a quarta vez que recebo ligações ou visita direta dessa diretoria e ou assessora jurídica e até E-mail e conversas online pelo messenger que por garantia os tenho salvo no meu computador!

******************************************************************

PROCESSO: RCAND Nº 437892 - Registro de Candidatura UF: GO
TRE Nº ÚNICO: 437892.2010.609.0000 MUNICÍPIO: GOIÂNIA - GO N.° Origem: PROTOCOLO: 290482010 - 08/07/2010 15:34 REQUERENTE: Coligação GOIÁS PRA VALER (PHS / PMN) CANDIDATO: RUTH BRILHANTE DE SOUZA, CARGO DEPUTADO ESTADUAL, NÚMERO 31021 RELATOR(A): JUIZ CARLOS HUMBERTO DE SOUSA ASSUNTO: REGISTRO DE CANDIDATURA - RRCI - CANDIDATO INDIVIDUAL - CARGO - DEPUTADO ESTADUAL LOCALIZAÇÃO: SEGDP-SECAO DE GERENC. DE DADOS PARTIDARIOS FASE ATUAL: 28/07/2010 17:21-Juntada do documento nº 33.535/2010

CANDIDATURA DA PRESIDENTE DA CONACS A DEPUTADA PODE ESTAR QUEIMANDO NOSSO FILME EM BRASILIA!

O blog corrigiu a sigla partidaria!

Colegas, é a mais pura verdade a Ruth ofusca seu brilho se lançando candidata a dep. estadual por Goiás na coligação PHS/PMN isso é um absurdo é chamar a categoria de idiotas pensar em se alto promover em um momento que a categoria mais precisa, e ainda fez uma reunião com os colegas acs e ace de Goiás no ultimo final de semana para pedir voto e que faça campanha em seu favor usando mais uma vez o nome da categoria em beneficio próprio!

Colegas pode ter certeza que  a CONACS acabou de nos jogar no fundo do poço para como governo federal deputados e senadores onde sabemos que deputados federais já tem seu aliados nos estados. Absurdo a mesma não se elege e queima nosssa categoria com ações desse nível!. A presidente licenciada que eu acho que deve estar licenciada anda dizendo que segunda dia 2/8 estarar em Brasília lutando por nós e ai pergunto: poderar ela lutar em prol da categoria estando candidata?

CADÊ A GARRA DA CONACS QUE NÃO FAZ UM COMENTÁRIO SE QUER SOBRE NOSSA CATEGORIA?

*

terça-feira, 27 de julho de 2010

AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAUDE E AGENTES DE COMBATE A ENDEMIAS PARALISAM POR 72 Hrs NA BAHIA.

Agentes de Saúde e de Combate a Endemias paralisam atividades por 72h

Categoria quer mudança de regime e aumento de salário

27.07.2010 | Atualizado em 27.07.2010 - 17:34
Visualizações: 114

Tamanho da letra: -A | +A



Redação CORREIO
Os Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate a Endemias decidiram nesta terça-feira (27) realizar uma paralisação de 72h em Salvador, reivindicando uma revisão salarial. Cerca de 3.730 trabalhadores vão cruzar os braços.
A assembleia foi realizada no Sindicato dos Bancários, nesta manhã. Além do aumento - hoje, os agentes recebem R$ 510 e reivindicam um salário de R$ 765 -, a categoria também quer que o regime celetista seja mudado para estatutário. "Recebemos este valor, mas este programa tem recurso federal, mandam R$ 651 para os agentes", diz Adenilson Rangel, coordenador geral do SINDACS (Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate a Endemias).
Segundo Adenilson, as reivindicações da categoria foram entregues em abril, mas nenhuma resposta foi dada pela Secretaria Municipal de Saúde ou pela Seplag. Durante a paralisação, os agentes esperam ouvir alguma contraproposta e se dizem abertos à negociação.
Nesta quarta, os agentes deverão fazer uma manifestação na Estação da Lapa. "É importante a população saber o que está acontecendo. Além do trabalho de prevenção, ficam parados os agentes que trabalham com dengue, raiva, leptospirose", diz Adenilson.

segunda-feira, 26 de julho de 2010

ASC E ACE COLELEGAS LEITORES VOCÊ CONSEGUE ENTENDER?

O Rondonia Dinamica pública máteria de informação do DCI  que foi públicada exatamente a 00:00 zero hora do dia 21/07/2010 com um detalhe o RONDONIA DINAMICA fez sua públicação as 15:23 do mesmo dia, o que intriga é como o SITE fez isso com 8 (oito horas e trinta e sete minutos antes) dificil de entender. Alguem sabe como explicar?

DCI
21/07/10 - 00:00 > POLÍTICA
Prefeituras temem rombo de R$ 3 bi com contratação de agentes
************************************************

Contratação de agentes de saúde pode causar rombo de 3 bilhões aos Municípios

A regulamentação Proposta de Emenda Constitucional (PEC), 63/2009

Willian Luiz - 2010-07-21 - 15:23:00
A edição desta quarta-feira, 21 de julho, do jornal Diário Comércio, Indústria e Serviços, o DCI, abordou uma questão que muito preocupa os Municípios brasileiros: a contratação de 300 mil agentes comunitários de Saúde pode causar um rombo de quase R$ 3 bilhões nos cofres municipais. 

***********************************************************
 É simples de entender como se pública matéria desse tipo: Eu abro no site varias postagem e deixo salvo em rascunho, quando tem algo que é de meu interesse volto lá e mando bala mais esqueço que tem pessoas que são detalhistas como é meu caso.


Pergunto: É confiável dizer que a categoria de ACS E ACE estará criando um rombo se o governo federal nos der um piso salarial? Deixo aqui no critério de cada colega avaliar o que diz a CNM, no meu caso posso lhes dizer que são mentiras passível de processo judicial o que vem fazendo a CNM com os ACS E ACE em todo o Brasil, e mais se infiltrando na administração federal a convite do presidente. Colegas, chega de sermos considerados importantes e jogados na lata do lixo, é agora ou nunca pressionem seus sindicatos a pressionar a conacs tomar uma atitude firme, GREVE NACIONAL POR TEMPO INDETERMINADO JÁ!.

RONDONIA DINAMICA REPÚBLICA MATERIA FAZENDO MEIA CULPA!

Contratação de agentes de saúde pode causar rombo de 3 bilhões aos Municípios

A regulamentação Proposta de Emenda Constitucional (PEC), 63/2009
Willian Luiz - 2010-07-21 - 15:23:00 -
      Comentários - 3      Imprimir      Enviar      Corrigir
A edição desta quarta-feira, 21 de julho, do jornal Diário Comércio, Indústria e Serviços, o DCI, abordou uma questão que muito preocupa os Municípios brasileiros: a contratação de 300 mil agentes comunitários de Saúde pode causar um rombo de quase R$ 3 bilhões nos cofres municipais.

A regulamentação Proposta de Emenda Constitucional (PEC), 63/2009, promulgada no ano passado pelo Congresso Nacional, atualmente em tramitação no Senado, é quem causará esse enorme compromisso nas despesas dos Municípios.

"Essa emenda vai gerar um impacto tremendo nas prefeituras. Os deputados não param de aprovar direitos, e o Executivo não para de sancionar. O que eles querem é voto, mas isso está inviabilizando o País", criticou o presidente da CNM, Paulo Ziulkoski, ao periódico.

Dados da Confederação Nacional de Municípios (CNM) mostram que a proposta prevê a proposta de um piso salarial de R$ 1.020 aos agentes - dos quais R$ 714 seriam custeados pelo governo federal e R$ 306, pelos Municípios.

Caso este e os demais projetos de adaptação de piso salarial para a Saúde em tramitação no Congresso sejam aprovados, os Municípios podem ficar ainda mais prejudicados. "Se todos os projetos de ajuste de piso salarial para a área da saúde forem aprovados, teremos um rombo de R$ 49 bilhões", adianta Ziulkoski.
Comentários - 3
Jairo gomes - 23.07.2010 - 00:00:00
Esta notícia do jornal DCI é uma falácia,uma deturpação da ec 63,qual será a intenção desse jornal?! impedir que 300 mil trabalhadores sejam valorizados e respeitados, porque não fazem estudo sobre as condições de trabalho desses trabalhadores e como são lesados pelos prefeitos uma vez que o governo federal repassa 651,00 e muitos não recebem nem 400,00 como ,também,não pagam insalubridade e passagem entre outros benefícios que faz jus a estes trabalhadores que exercem importante papel na saúde deste país, nossa luta é pela valorização dos 300 mil trabalhadores que já estão "atuando" e não a "contratação" de mais 300 mil trabalhadores como publicou o DCI, examinem a ec63 e vejam que em momento algum ela fala em "contratação" mas, "valorização" essa máteria e uma injustiça contra os acs de todo o brasil!peço por gentileza que façam as devidas correções sobre este assunto, muito obrigado.
Barros - 21.07.2010 - 00:00:00
Engraçado, que quando se fala em aumentar o próprio salário, eles não aparecem com críticas dizendo que causará um rombo nos cofres públicos. Isso tá mais para crítica política adversária.Quando se fala em aumentar a remuneração dos trabalhadores, os que metem a mão na massa, os que sofrem para manter o padrão de vida dos "grandes", eles aparecem aqui com essa de que vai causar um rombo nos cofres municipais.Duvido que eles tenham coragem de ir trabalhar no lugar dos agente de saúde, debaixo de sol e chuva por menos de um salário, que é o que o ACS do meu municipio recebe para nos dar boa qualidade de vida.
Eliseu - 21.07.2010 - 00:00:00
Porque o site não fala a verdade sobre os AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE E AGENTES DE COMBATE A ENDEMIAS? Estimado colunista, seria de bom grado entender que já é LEI desde 15/02/2006 a EC 51/2006 QUE DETERMINA QUE OS AGENTES DE SAÚDE E COMBATE A ENDEMIAS SEJA EFETIVADOS SEM A NESSECIDADE DE CONCURSO DESDE QUE OS MESMO TRABALHEM DESDE ANTERIOR DATA CASO NÃO ENTENDA DE LEIS ESTAMOS A DISPOSIÇÃO PARA ORIENTA-LOS. Não fiquem a mercer das migalhas que CNM lhes paga para publicarem!Obrigado!.

sábado, 24 de julho de 2010

INFORMAÇÃO QUENTINHA DA CONTA DE QUE:

Segundo informação chegada a pouco tempo aqui no serviço de busca de informações do BLOG, a CONACS  recebeu convite do PSDB  para na próxima semana ir até São Paulo sentar com o a cúpula do partido para traçar um plano de apoio ao aos ACS e ACE em caso da sigla PSDB/DEM sendo eleita o que fazer por nossa categoria. O que mim assusta nessa sondagem se verdadeira é: Somos uma categoria independente somos não politica e vamos nos prender a políticos?

Colegas que Deus nos ajude que essa noticia tenha chegado torcida, e que nós não venhamos amanhã nos sentir categoria de manobra política como disse o presidente da CNM em sua ridícula entrevista!
Votem a Deus para que Ele trabalhe mais um pouco a nosso favor e nos conceda essa vitoria através dos nossos gestores que se encontra no poder ainda.

EM QUE ACREDITAR! DEVEMOS ACREDITAR?


Publicado em 24/7/2010 11:05:15 Share
Em visita a Feira, presidente Lula recebe carta dos Agentes de Saúde e diz que vai se empenhar para resolver o problema da categoria






Presidente Lula recebeu Zé Neto nos camarins do Segundo Encontro Nacional da Agricultura Familiar, o qual foi até Feira de Santana para prestigiar, e tratou mais detalhadamente da questão dos Agentes.

A convocação dos Agentes de Saúde de toda a Bahia - idealizada pelo mandato do deputado estadual Zé Neto e articuladajuntamente com os deputados federais Walter Pinheiro e Lídice da Mata e o ex sub-secretário da Saúde da Bahia, Amaury Teixeira - alcançou êxito absoluto. A mobilização conseguiu reunir aproximadamente mil e quinhentos profissionais vindos de quase 200 municípios em Feira de Santana na manhã desta sexta-feira (23).
“Estamos no caminho certo. O presidente Lula recebeu a Carta e fará todo o esforço possível para em agosto remetê-la ao Congresso Nacional”, disse Zé Neto, principal proponente da ação que levou Roque Honorato, Agente de Saúde do município de Valença e símbolo da categoria no Brasil, juntamente com associações e Lucia
Gutemberg, a passarem às mãos do presidente Luis Inácio Lula da Silva, o Lula, o documento que solicita o encaminhamento do Projeto de Lei n º 6.111/2009 à Câmara dos Deputados durante a primeira semana de esforço concentrado no Congresso Nacional para votação de projetos, que vai de 3 a 5 de agosto.

Além da entrega da Carta, Lula recebeu Zé Neto nos camarins do Segundo Encontro Nacional da Agricultura Familiar, o qual foi até Feira de Santana para prestigiar, e tratou mais detalhadamente da questão dos Agentes. Na fala do presidente o mesmo deixou claro ao deputado seu apreço pela categoria e o reconhecimeno de sua importância para a saúde do país, além de ter exposto que já havia pedido à Casa Civil um acompanhamento minucioso do assunto.

“Devemos ter cuidado para não mandar para o Congresso um mandacaru e voltar um porco espinho, já que o Congresso anda muito melindroso e, em período eleitoral, a situação fica ainda mais delicada. Transmita aos Agentes, companheiro, que, de minha parte, não haverá medição de esforços”, disse Lula,  reafirmando seus empenhos para resolver os gargalos da categoria.

Zé Neto relatou que o presidente reconheceu a existência de dificuldades com relação ao Tribunal de Contas da União e os municípios no que tange os impactos financeiros que a aprovação do PL pode provocar, mas que o Governo Federal não tem medido esforços para encontrar uma saída para proporcionar aos Agentes de Saúde mais essa vitória.

O deputado ainda lembrou que foi durante o Governo Lula que a Emenda Constitucional nº 51, que trata da regulamentação das atividades desempenhadas pelos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e Agentes de Combate às Endemias (ACE), entrou em vigor.

Ainda na atual gestão foi aprovada a Emenda nº 63, para a qual se busca regulamentação através do PL 6.111/2009, que prevê, além do piso salarial e do plano de carreira, a criação do Curso Técnico dos ACS e ACE, determinando, entre outras coisas, o prazo de cinco anos para a conclusão da implantação desses cursos para os profissionais em atividade, garantindo ainda o reconhecimento do adicional de insalubridade de 20% a 40%.

sexta-feira, 23 de julho de 2010

PEDIDO AOS COLEGAS ACS E ACE!

Colegas, peço mais uma vez que evitem xingamentos aos políticos ao fazerem comentários, fico aqui admirado com a garra que cada colega tem  suas colocações o tamanho da frustração com o GOV. FEDERAL e no final coloca uma palavra que em muitos casos mim obriga a não publicar o comentário. Desculpem, mas..., boa sorte a nós.

quinta-feira, 22 de julho de 2010

AS MATÉRIAS VEICULADAS SEGUNDO UMA FONTE SÃO DE INTERESSE DA ""CNM""

Reservo-me ao direito de não informar a fonte "blog do acs eliseu"!.
Noticia de última hora!


Estimados colegas, em minhas investigações tomei conhecimento de que a CNM confederação nacional dos municípios ""prefeitos"" está bancando essas matérias para insuflar a população contra nós e com isso convencer o GOV. FEDERAL de que esse piso é absurdo e que os municípios não terão condições de pagar unicamente com o intuito de que a verba que eles não repassa para a categoria continue sendo usada para agradar  seus pares e fazerem caixa dois exigidos por deputados estaduais e federais.

Nesse caso vem a minha mente o seguinte: será que o PRESIDENTE não tem algum interesse nesse sentido?
Colegas, está faltando a nossa CONACS também publicar nos meios de comunicação de grande circulação no país e em sites de grande relevância o real estado e situação nossa e que esse PISO e PCCR não trará nenhum prejuízo ao país e sim benefícios ao país em ter servidores públicos satisfeitos e desempenhando um bom trabalho. Existem colegas que trabalha o dia todo com fome, sabemos que o custo de vida em alguns estados é altíssimo e vejo colegas ganhando R$510.00 brutos e quando faz o desconto ficando apenas R$380.00, R$400.00 pagando R$200.00 e até R$300.00 de aluguel e passando fome com seus filhos e tendo que chegar na comunidade onde desempenha o seu trabalho com um sorriso no rosto porque ali tem pessoas na mesma condição que o ou a colega está vivendo.
Colegas, onde estar nossa garra que não vejo e não nenhum comentário nesse sentido chegar o nossos lideres e representantes, onde está a nossa fossa de mobilização que ninguém pressiona os sindicatos e associações a pressionarem as federações a pressionar a CONACS? Colegas, estamos nos mostrando como categoria sem noção diante do governo que fomos lá fizemos fumaça e não temos lenha pra queima e que eles jogam água quando bem querem, nossa força não passa de força de touro na arena agindo por impulso, sejamos como os elefantes que em grupo e sabendo a força que temos sabe avançar e nunca esquece o caminho por onde passou! Sinto-me incentivando a ir a luta uma categoria que não pensa e não tem interesse em seus próprios interesses, colegas lutem, vamos a luta, estão nos chamando de manobra política, de categoria de eleger prefeitos quando sabemos a força que temos, em 5.565 municípios não existem 500 municípios que os prefeitos tenha feito valer cumprindo a Emenda Constitucional 51/2006 e é LEI.  Porque vocês acham que eles lutam contra nós? Faça uma conta rápida. 300 mil vezes uma media de R$140.00 por ACS É IGUAL: +- 42 MILHÕES POR MÊS A NÍVEL DE BRASIL! nega insalubridade e outros direitos nosso.

quarta-feira, 21 de julho de 2010

PREFEITOS PREFEREM POPULAÇÃO DOENTE E SERVIDOR INSATISFEITO!

Blog do acs Eliseu diz: Prefeituras qerem continuar roubando servidor, mais ACS e ACE não baixarão acabeça!.

21/07/10 - 00:00 > POLÍTICA
Prefeituras temem rombo de R$ 3 bi com contratação de agentes



BRASÍLIA - A maioria dos 5.565 municípios brasileiros está sem recursos para bancar um rombo estimado em R$ 3 bilhões na contratação, sem concurso público, de 300 mil agentes comunitários de saúde. É o que prevê a Proposta de Emenda Constitucional 63/2009, promulgada no ano passado pelo Congresso Nacional e cuja regulamentação está em análise no Senado.

Uma das propostas prevê piso salarial de R$ 1.020, dos quais R$ 714 seriam custeados pelo governo federal e R$ 306, pelos municípios. As avaliações foram feitas, a pedido do DCI, pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM) e pela organização não-governamental Transparência Municipal.

"Essa emenda vai gerar um impacto tremendo nas prefeituras. Os deputados não param de aprovar direitos, e o Executivo não para de sancionar. O que eles querem é voto, mas isso está inviabilizando o País", expôs o presidente da CNM, Paulo Ziulkoski. Segundo ele, a situação pode ficar bem pior: "Se todos os projetos de ajuste de piso salarial para a área da saúde forem aprovados, teremos um rombo de R$ 49 bilhões".
 
O consultor François Bremaeker, da Transparência Municipal, avaliou que a aprovação dessas propostas fere o pacto federativo. "Isso é uma intromissão na autonomia municipal. É muito fácil fazer cortesia com o chapéu alheio", criticou. Para ele, quem arrecada recursos para a manutenção da saúde é o governo federal. "Os municípios são obrigados a assumir os serviços e não recebem os recursos necessários para tanto."

François ressaltou que os municípios têm por obrigação gastar pelo menos 15% da sua receita tributária e transferência constitucional em saúde, mas acabam comprometendo 23,5% do seu orçamento em média. "O ressarcimento pelo SUS [Sistema Único de Saúde] dos procedimentos médicos é muito abaixo do custo real, o que sobrecarrega seu orçamento", argumentou.
 
O Ministério do Planejamento estima que a PEC provocará um impacto de R$ 2 bilhões no orçamento da União. E não há previsão de de onde esses recursos sairão, segundo o órgão.
A senadora Patrícia Saboya (PDT-CE), autora do projeto de Lei 196/2009 para regulamentar a PEC, propõe que União deverá fazer repasse financeiro aos municípios a fim de garantir o piso salarial da categoria. O valor de cada município será definido pelo Ministério da Saúde.

As entidades não confiam no governo porque a União não estaria repassando às prefeituras os recursos prometidos ao piso dos professores que entrou em vigor este ano.

Municípios temem rombo de cerca de R$ 3 bilhões na contratação sem concurso público de 300 mil agentes comunitários de saúde, conforme prevê PEC analisada no Senado.

terça-feira, 20 de julho de 2010

ENQUETE SOBRE O QUE VOCÊ ACHA QUE A CONACS DEVE FAZER!

GREVE NACIONAL! 229 (74%)




PARALIZAÇÃO NACIONAL DE 72hrs 60 (19%)



ACEITAR A PROPOSTA DO LULA! 12 (3%)



ESPERAR UM NOVO PRESIDENTE! 7 (2%)







Votos até o momento: 308

Enquete encerrada

segunda-feira, 19 de julho de 2010

VARIAS CIDADES ABREM SELEÇÃO PARA ACS, ACE E OUTROS EM VÁRIOOS ESTADOS.

19/07/2010 06h45 - Atualizado em 19/07/2010 19h21

Veja os órgãos que abrem inscrições nesta segunda para quase mil vagas

Salários chegam a R$ 7.491,07 em Santo Amaro da Imperatriz (SC).
Cargos são de todos os níveis de escolaridade.

Do G1, em São Paulo

Pelo menos oito concursos têm as inscrições abertas nesta segunda-feira (19) e somam 906 vagas para todos os níveis de escolaridade. Os salários chegam a R$ 7.491,07 na Prefeitura de Santo Amaro da Imperatriz (SC).
São oito prefeituras em cinco estados: Araçatuba (SP), Campo Verde (MT), Carmo do Paranaíba (MG), Congonhas (MG), Dois Irmãos das Missões (RS), Peruíbe (SP), Santo Amaro da Imperatriz (SC) e São Vicente (SP).
Araçatuba (SP)
A Prefeitura de Araçatuba (SP) lançou três editais para o total de 360 vagas (150 imediatas e 210 para formação de cadastro de reserva) em cargos de nível fundamental e completo. Os salários vão de R$ 510 a R$ 2.312,96 (veja aqui os editais).
As inscrições devem ser feitas pelo site www.consesp.com.br de 19 de julho a 1 de agosto. A taxa de inscrição vai de R$ 20 a R$ 35.
De nível fundamental incompleto os cargos são de agente de serviços gerais e motorista.
De nível fundamental completo os cargos são de atendente, agente comunitário de saúde do PSF e auxiliar de enfermagem.
De nível superior completo os cargos são de enfermeiro, médico e professor de educação básica.
As provas serão realizadas no dia 15 de agosto, às 8h.
Ficam dispensados da taxa de inscrição os candidatos que comprovarem terem sido doadores de sangue nos últimos 30 dias, contados da data de sua inscrição, nos termos da Lei Municipal 5.957, de 13 de junho de 2001.
Para tanto, os interessados deverão enviar requerimento, anexando atestado ou outro documento comprobatório, via correio, até 1 de agosto, para a Consesp, na Rua Maceió, 68, bairro Metrópole, Dracena – SP.
Campo Verde (MT)
A Prefeitura e a Câmara de Campo Verde (MT) abriram concurso para 110 vagas nas áreas de educação, saúde e administração. Os salários variam de R$ 704,66 a R$ 4.546,20 (veja aqui o edital).
Para a prefeitura são oferecidas 107 vagas. Quem possui o nível fundamental completo pode concorrer às vagas de agente comunitário de saúde, agente de combate a endemias, auxiliar administrativo, cozinheiro, motorista e operador de máquinas. Para o nível médio há oportunidades nos cargos de atendente de farmácia, auxiliar de laboratório e fiscal. Para o nível médio-técnico há chances nas vagas de técnico em enfermagem e técnico em informática.
Os candidatos com nível superior podem se candidatar às vagas de contador, controlador interno, enfermeiro, fisioterapeuta, médico clínico geral (PSF), professor de ciências, professor de educação física, professor de educação infantil, professor de geografia, professor de história, professor de inglês, professor de língua portuguesa, professor de matemática e professor de séries iniciais.
Para a Câmara Municipal há três vagas disponíveis: controlador interno (superior), oficial administrativo (médio) e auxiliar de serviços gerais (fundamental).
As inscrições poderão ser feitas no site www.consulplan.net, de 19 de julho a 8 de agosto.
Para fazer a inscrição presencialmente os candidatos poderão se dirigir à Central de Atendimento ao Candidato da Consulplan (Rua Manoel Genildo de Araújo, nº 224, Bairro Campo Real 2, Campo Verde/MT) que vai funcionar entre os dias 19 de julho e 6 de agosto, das 8h30 às 16h. As taxas de inscrição são de R$ 50 (fundamental completo, médio e técnico) e R$ 80 (ensino superior).
As provas estão previstas para o dia 19 de setembro (domingo), com exames pela manhã e à tarde. Haverá também avaliação de títulos para os cargos de professor e prova prática, somente para os cargos de operador de máquinas e professor.
Carmo do Paranaíba (MG)
A Prefeitura de Carmo do Paranaíba (MG) abriu concurso para 92 vagas em cargos de todos os níveis de escolaridade. Os salários vão de R$ 510,00 a R$ 5.642,93 (veja aqui o edital).

Os cargos são de lixeiro, motorista de veículo pesado, operador de máquina pesada, agente comunitário de saúde, técnico em enfermagem, assistente social, médico plantonista, médico PSF, médico radiologista e terapeuta ocupacional.
As inscrições deverão ser realizadas no período de 19 de julho a 20 de agosto, das 8h às 11h e das 13h às 17h, na Praça Misael Luiz de Carvalho, Calçadão Center, sala 13, ou pelo site www.sergiobassi.com.br, no mesmo período de inscrição presencial. A taxa de inscrição varia de R$ 30 a R$ 55.
A prova objetiva será realizada no dia 26 de setembro, a partir das 8h.
Congonhas (MG)
A Prefeitura de Congonhas (MG) reabre na segunda-feira (19) as inscrições para 145 vagas em diversos cargos de níveis médio-técnico e superior nas áreas de saúde, educação e estrutura. As remunerações variam de R$ 772,86 a R$ 1.859,97 (veja aqui o edital).
As inscrições serão reabertas após a anulação da prova do dia 27 de junho.
Os candidatos que não quiserem mais participar do concurso público poderão requerer a devolução da taxa de inscrição, por meio de requerimento, que deverá ser protocolado no Protocolo Geral da Prefeitura Municipal de Congonhas. O valor será depositado na conta bancária indicada pelo candidato em até 15 dias úteis, a contar da data do protocolo.

Os candidatos regularmente inscritos para o concurso antes da anulação da prova têm garantido o direito de continuarem participando do exame, com a inscrição automática para as novas provas, independente de terem sido ausentes na data de realização das provas.
As inscrições devem ser feitas no site www.consulplan.net até 25 de julho, ou até 23 de julho (exceto sábados, domingos e feriados), no Pátio Externo da Prefeitura - Sala 1 Anexo ao Cinema - Rua Padre Gurgel Centro (Prefeitura Municipal), das 9h às 16h. A taxa de inscrição é de R$ 35 para o nível médio-técnico e R$ 50 para o superior.
As provas estão marcadas para o dia 19 de setembro nos períodos da manhã e da tarde. Haverá prova de títulos apenas para os cargos de professor PEB I e professor PEB II (em todas as áreas) e prova prática, apenas para o cargo de técnico de laboratório.
Dois Irmãos das Missões (RS)
A Prefeitura de Dois Irmãos das Missões (RS) abriu concurso para 24 vagas em cargos de todos os níveis de escolaridade. Os salários vão de R$ 429,95 a R$ 4.400,00 (veja aqui o edital).

Os cargos são de médico veterinário, assistente social, agente administrativo fazendário, fisioterapeuta, agente administrativo auxiliar, engenheiro civil, vigilante, visitador, agente comunitário de saúde, médico do PSF, servente legislativo e monitor.
As inscrições devem ser feitas de 19 de julho a dia 5 de agosto, no Centro Administrativo Municipal de Dois Irmãos das Missões, na Sala da Secretaria Municipal da Indústria e Comércio, na Rua 20 de Setembro, nº 7. A taxa varia de R$ 40,00 a R$ 100,00.
A prova escrita será aplicada na Escola Estadual de Ensino Médio Bento Gonçalves, na Rua Alarico Leite do Amaral, s/nº, no dia 4 de setembro, das 8h30 às 12h.
Peruíbe (SP)
A Prefeitura de Peruíbe (SP), município localizado no litoral sul do estado de São Paulo, abriu processo seletivo para 34 vagas de agente comunitário de saúde. O candidato deve ter ensino fundamental completo e residir na região onde deverá atuar. A carga horária é de 40 horas semanais e o salário é de R$ 891 (veja aqui o edital).
As inscrições devem ser feitas entre os dias 19 e 23 de julho na sede da prefeitura, na Rua Nilo Soares Ferreira, 50, Centro, das 9h às 11h e das 13 às 16h. A taxa é de R$ 25.
O processo seletivo será composto de prova objetiva, que serão realizadas em locais, datas e horários a serem divulgados após a homologação das inscrições, no quadro de avisos da prefeitura e no site www.institutosoler.com.br.
Santo Amaro da Imperatriz (SC)
A Prefeitura e a Companhia Hidromineral Caldas da Imperatriz do Município de Santo Amaro da Imperatriz (SC) abriram concursos para 41 vagas e formação de cadastro de reserva . Os salários vão de R$ 520 a R$ 7.491,07 (veja aqui o edital).
As inscrições devem ser feitas entre 19 de julho e 30 de julho, das 13h30 às 17h30, na prefeitura, na Praça Governador Ivo Silveira, nº 306, no Centro da cidade, ou através da remessa da ficha de inscrição pelos correios. A taxa varia de R$ 25,00 a 75,00.
Entre os cargos de nível superior estão enfermeiro PSF, médico PSF, psicólogo, assistente social, nutricionista, cirurgião dentista PSF, sanitarista, engenheiro civil, engenheiro ambiental, farmacêutico, médico veterinário, professores de várias áreas e técnico pedagógico.
De nível médio entre os cargos estão técnico de enfermagem PSF, atendente de consultório odontológico, técnico em saúde bucal, motorista socorrista do Samu, técnico em enfermagem, fiscal da vigilância sanitária, fiscal do meio ambiente, assistente administrativo, fiscal de tributos, fiscal de obras e posturas e técnico em edificação.
De nível fundamental há cargos como artífice, auxiliar de serviços gerais (limpeza e merenda), auxiliar de serviços gerais (serviços braçais), vigia, motorista, auxiliar de serviços gerais (roçadeira), vigia, mecânico, garçom, faxineiro, jardineiro, auxiliar de cozinha, cozinheiro e camareira.
A prova escrita será realizada no dia 15 de agosto.
São Vicente (SP)
A Companhia de Desenvolvimento de São Vicente (Codesavi) lançou concurso para o preenchimento de 100 vagas em cargos de nível fundamental e médio. Os salários não foram informados (veja aqui o edital).
As vagas são para os cargos de auxiliar de escritório, ajudante geral, balanceiro, carpinteiro, desenhista letrista, eletricista, encanador, jardineiro, marceneiro, pedreiro, pintor e varredor. Com exceção do cargos de varredor, ajudante geral e balanceiro, é exigida experiência mínima de 12 meses comprovada em carteira.
As inscrições devem ser feitas no site www.codesavi.com.br, entre os dias 19 e 30 de julho. A taxa é de R$ 25 para os cargos de ajudante geral e varredor e de R$ 30 para as demais funções.
O processo seletivo será composto por prova escrita e prova prática. A avaliação teórica está marcada para o dia 29 de agosto. A prova prática deve ocorrer entre os dias 13 e 18 de setembro.

ACS E ACE PARA CAMPO VERDE/MT

Notícias Curso Certo

A Prefeitura Municipal de Campo Verde, no Mato Grosso, recebe a partir de hoje (19) as inscrições para o concurso que oferece 110 chances na Câmara e na Prefeitura, com salários de até R$ 4,5 mil.

Voltar para notícias

Campo Verde/MT abre inscrições para 110 vagas

As oportunidades estão distribuídas entre os cargos de agente comunitário de saúde, agente de combate a endemias, auxiliar administrativo, auxiliar de serviços gerais, cozinheiro, motorista nível D e operador de máquinas, a candidatos com nível fundamental completo; atendente de farmácia, auxiliar de laboratório, fiscal, oficial administrativo, técnico em enfermagem e técnico em informática, que exigem nível médio ou técnico; contador, controlador interno, enfermeiro, fisioterapeuta, médico clínico geral e professor (ciências, educação física, educação infantil, geografia, história, inglês e língua portuguesa), que requerem nível superior. Remuneração – Os vencimentos praticados pelo órgão variam de R$ 704,66 a R$ 4.546,20. Como participar – As inscrições podem ser realizadas até o dia 8 de agosto, presencialmente, das 8h30 às 16h, na central de atendimento da Consulplan, situada na rua Manoel Genildo de Araújo, 224, no bairro de Campo Real 2; ou via internet, no site da organizadora (www.consulplan.net). As taxas de participação são de R$ 50 para níveis fundamental e médio e de R$ 80 para nível superior. Leia mais: http://jcconcursos.uol.com.br/Concursos/Noticiario/concurso-prefeitura-campo-verde-mt-inscricoes-28237

domingo, 18 de julho de 2010

PIS PASEP INÍCIO DIA 19/07/2010

publicado em 18/07/2010 às 13h16:

Abono salarial será pago a partir desta segunda

Cerca de 4,5 milhões de trabalhadores devem receber benefício
Do R7

O abono salarial no valor de um salário mínimo (R$ 510) para os trabalhadores
cadastrados no PIS/Pasep começará a ser pago nesta segunda-feira (19). O
benefício será pago a cerca de 4,5 milhões de trabalhadores que têm conta
na Caixa e, de acordo com o Ministério do Trabalho, serão pagos R$ 2,3 bilhões
em benefícios com recursos do FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador).

Para receber o benefício, é necessário que o trabalhador esteja cadastrado há
cinco anos nos programas PIS/Pasep. No total, 18,4 milhões de trabalhadores
devem receber o abono até o ano que vem.

O depósito será feito pelas agências do Banco do Brasil e da Caixa Econômica
Federal até 30 de junho de 2011, conforme o cronograma. Os trabalhadores
que têm o valor creditado em conta corrente ou na folha de pagamento
receberão entre julho e setembro de 2010. O pagamento pela Fopag
(através da folha de pagamento das entidades conveniadas) será feito
entre julho de 2010 e maio de 2011.
*
Para receber o abono o trabalhador tem que ser informado pela empresa na
RAIS (Relação Anual de Informações Sociais), ter recebido em média até
dois salários-mínimos de remuneração mensal (R$ 1.020) no ano base e ter
exercido atividade remunerada por, no mínimo, 30 dias do ano base.  
Veja a tabela de pagamento do abono salarial 2010/2011
PIS
NASCIDOS
EM
RECEBEM A 
PARTIR DE
RECEBEM
  ATÉ
JULHO 11/08/2010 30/06/2011
AGOSTO 18/08/2010 30/06/2011
SETEMBRO 25/08/2010 30/06/2011
OUTUBRO 14/09/2010 30/06/2011
NOVEMBRO 21/09/2010 30/06/2011
DEZEMBRO 28/09/2010 30/06/2011
JANEIRO 14/10/2010 30/06/2011
FEVEREIRO 21/10/2010 30/06/2011
MARÇO 28/10/2010 30/06/2011
ABRIL 11/11/2010 30/06/2011
MAIO 17/11/2010 30/06/2011
JUNHO 24/11/2010 30/06/2011

PASEP
FINAL DA 
INSCRIÇÃO
INÍCIO DE 
PAGAMENTO
ATÉ
0 e 1 10/08/2010 30/06/2011
2 e 3 17/08/2010 30/06/2011
4 e 5 24/08/2010 30/06/2011
6 e 7 31/08/2010 30/06/2011
8 e 9 08/09/2010 30/06/2011
Fonte: Ministério do Trabalho

MATERIA DE HOJE NO DIARIO DE PERNAMBUCO! ESTOU NA BUSCA DE MAIS INFORMAÇÕES!


Buscando confirmação dessa materia!




Brasília DF
Estimados colegas, estou na busca de novas informações pois tentei contato com a conacs e a mesma estando online desconectou e não du resposta se quer de buscar informações. Veja abaixo o colorido onde tras informações  de que estar aprovado e o LULA não poderar vetar! ""Blog do acs Eliseu.
Luiz Carlos Azedo com Norma Moura
luizazedo.df@diariosassociados.com.br

Mais uma conta
O governo pretende repassar para os estados e municípios uma parte da despesa com a criação da carreira dos agentes de Saúde pela Câmara dos Deputados. Hoje, são 240 mil contratados. Do dia para a noite, a função temporária virou carreira de servidor público, mediante Projeto de Emenda à Constituição (PEC) - para driblar o veto do presidente da República - aprovada em mais um trem da alegria de véspera de eleição. Foram criados mais 25 mil cargos.

A emenda constitucional estabelece que a União complementará os recursos necessários para o pagamento dos agentes, cujo salário base foi fixado em R$ 1.020. É uma despesa de R$ 2 bilhões para a União, que já transfere R$ 714 para cada agente contratado pelas prefeituras. O problema é que o impacto da nova carreira na Previdência municipal é estimado em R$ 1,5 bilhão. Além disso, os cargos deverão ser preenchidos por concurso, sem garantia de preferência para os atuais contratados.

Agentes de saúde são uma invenção de inspiração cubana dos médicos sanitaristas, empenhados em mobilizar as comunidade para viabilizar os programas preventivos de saúde. No começo, era trabalho voluntário, depois virou contratação temporária para combater a dengue. Hoje, virou mais uma ferramenta de campanha dos políticos.

sexta-feira, 16 de julho de 2010

BLOG DO ACS ELISEU CONVIDA OS COLEGAS ACS E ACE PARA:

 ENQUETE A SUA DIREITA VOTE URGENTE E DIVULGUEM!!!!!

Estimados colegas diretores sindicais e de associações de ACS e ACE, quero aqui convida-los a avalizarem dentro da lei a possibilidade de a nível de Brasil TRABALHARMOS  em em regime de advertência reduzindo as visitas em no mínimo 25% e se for o caso paralisação de advertência de 24hs até de72hs e se for o caso uma greve nacional, para tanto os SINDICATOS E ASSOCIAÇÕES devem pressionar suas FEDERAÇÕES estaduais para assim pressionarem a CONACS PARA QUE SEJA FEITA UMA PARALISAÇÃO OU GREVE  paralisação de no mínimo 24hrs e greve por tempo indeterminado, isso o LULA conhece bem a força de uma categoria em GREVE ainda mais em período de alta proliferação da dengue em alguns estados!

Colegas ACS e ACE que está tendo acesso a esta informação divulguem pressionem a CONACS  CONVOCAR UMA GREVE GERAL NO MÍNIMO UMA PARALISAÇÃO DE 72 hrs!

Forte abraço do colega ACS de hoje e de sempre Eliseu!.

GOVERNO LULA ENTRA NO JOGO DOS PREFEITOS!



Blog do acs Eliseu diz: O que levou o governo que se dizia favoravel em tudo a favor dos ACS e ACE e agora vira a casaca em dá ouvido a quem não paga aos ACS nem mesmo o repasse que hoje é de R$651.00. Óra, ouví quem rouba os trabalhadores é mais importante que deliberar sobre um piso de quem reduz mortalidade e custos aos municípios, estados e união?
 **************************************************
Nota da CONACS
Governo quer ouvir Prefeitos e Secretários de Saúde

Governo mais uma vez adia a apresentação de sua proposta para regulamentar o Piso Salarial dos ACS e ACE. Agora alega que não pode fazer nenhum encaminhamento sem antes ouvir os Gestores Municipais.

Nessa quarta-feira (14/07), a CONACS participou de uma longa reunião com o Governo, e ao contrário das expectativas de todos os diretores presentes, os representantes do Governo, além de não discutirem nenhuma proposta do texto de regulamentação do Piso Salarial, afirmaram que não podem garantir que o Presidente Lula faça o encaminhamento do seu PL à Câmara de Deputados antes das Eleições, e informaram que em reunião anterior realizada com os Prefeitos, a idéia de criar um Piso Salarial Nacional de R$ 1.020,00 foi criticada por unanimidade, chegando a ser declarado pelos Prefeitos  que o Governo estará sendo irresponsável caso queiram de fato regulamentar a EC 63, com um Piso de 2 salários mínimos.

Na verdade, o tom da conversa durante a reunião foi de muita tensão, principalmente quando um dos técnicos do Governo questionou ao Deputado Geraldo Resende (PMDB/MS) qual seria a diferença em aprovar o Piso Salarial antes ou depois das eleições uma vez que a categoria já havia concordado que só começaria a receber após 12 meses da aprovação do Projeto de Lei. 

Essa idéia foi repudiada por todos, mas a resposta mais direta foi dada pela Assessoria Jurídica da CONACS, ao afirmar que: ".... pedir para acreditar que esse Governo irá encaminhar um projeto de lei para regulamentar o Piso Salarial, depois das eleições, faltando apenas 2 meses para acabar o seu mandato e ainda no meio de uma campanha que ninguém sabe quem vai ganhar, é subestimar a inteligência da categoria, é o mesmo que pedir para acreditar em Papai Noel".

A última posição do Governo é de se recusar a estipular qualquer data para a aprovação do Piso Salarial, fato que segundo a CONACS é o único obstáculo para o processo de negociações. E embora os Deputados Maurício Rands (PT/PE), Ribamar Alves (PSB/MA), Uldurico Pinto (PHS/BA) e Geraldo Resende (PMDB/MS) tenham exaustivamente insistido em definir uma data para o Governo apresentar sua proposta de regulamentação do Piso Salarial, nada foi garantido.

Diante da indefinição do Governo em estabelecer uma data, a CONACS chegou a conclusão que  o último prazo para aprovação do Piso Salarial será na primeira semana de agosto, quando o Congresso fará um esforço concentrado para votar vários projetos. E sendo assim, a CONACS encerrou a reunião  informando aos representantes do Governo e ao Parlamentares que caso o Presidente Lula não encaminhe  o Projeto de Lei até dia 3 de agosto à Câmara de Deputados, a categoria entenderá que o Presidente Lula disse NÃO aos 300.000 ACS e ACE.

quinta-feira, 15 de julho de 2010

AUMENTO! SE FOR PARA TRABALHADOR NÃO PODE, MAIS SE FOR LEGISLAR EM CAUSA PROPRIA SIM!

 ""Blog doACS Eliseu diz: Se a cada dois anos temos eleição no Brasil, como ficaria as categorias para negociar junto ao governo seus aumentos? Esse deputado como muitos outros sabe bem é legislar em causa propria!.""

 15/07/2010 11:20


PEC proíbe projetos com aumento de gastos antes das eleições

Arquivo - Edson Santos

Eduardo Cunha quer acabar com pressão sobre o Congresso em anos eleitorais.A Câmara analisa a Proposta de Emenda à Constituição 493/10, do deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que proíbe, no período de um ano antes de eleições, a tramitação no Congresso de projetos que aumentem a despesa pública.

Atualmente, a Constituição já veta o aumento de despesas previstas em projetos de iniciativa exclusiva do Presidente da República e naqueles que dispõem sobre a organização dos serviços administrativos da Câmara, do Senado, dos tribunais federais e do Ministério Público.

Eduardo Cunha argumenta que o objetivo da medida é acabar com a pressão exercida sobre o Congresso, em anos eleitorais, para aumento de despesas. Em sua opinião, "uma medida como essa protege, além do erário público, o próprio parlamentar dessas pressões".

Tramitação

A admissibilidadeExame preliminar feito pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania sobre a constitucionalidade de uma proposta de emenda à Constituição (PEC). A CCJ examina se a proposta fere uma cláusula pétrea da Constituição, se está redigida de acordo com a técnica correta e não fere princípios orçamentários. Se for aprovada nessa fase, a proposta será encaminhada a uma comissão especial que será criada especificamente para analisá-la. Se for considerada inconstitucional, a proposta será arquivada. da proposta será analisada pela Comissão de Constituição e Justiça. Se aprovada, a proposta será analisada por uma comissão especial, antes de ser votada em dois turnos pelo Plenário.



Saiba mais sobre a tramitação de PECs.


*

quarta-feira, 14 de julho de 2010

O TRABALHO DO GOVERNO! ELES DIZEM QUE TRABALHO INTERNO É REAL! KKKKKKKKKKK

PROGRAMA NACIONAL »


Governo quer diminuição de preço para poder levar banda larga a 40 milhões de domicílios

Agência Brasil
Publicação: 14/07/2010 17:51

A diminuição de R$ 50 para R$ 35 no preço da assinatura mensal da internet rápida é fundamental para a implantação do Programa Nacional de Banda Larga, que tem como objetivo universalizar o acesso à rede mundial de computadores no país, e elevar a mais de 40 milhões o número de domicílios com o serviço de banda larga até 2014.


A informação é do assessor especial e coordenador do programa na Presidência da República, Cezar Alvarez, ao participar nesta quarta (14) da reunião plenária do Comitê de Articulação Federativa, que congrega as entidades municipais e representantes do governo federal, sob a presidência do ministro-chefe da Secretaria de Relações Institucionais, Alexandre Padilha.


“Se o conjunto das nossas ações regulatórias, de mercado, do Poder Público, da articulação com os estados e municípios tiver sucesso, nós conseguiremos chegar a esse preço. Este é um objetivo final de quatro anos”, disse Alvarez, que fez uma exposição sobre o programa durante a reunião e ouviu sugestões dos prefeitos a respeito, entre elas a de criação de consórcios para a facilitar a implantação do programa.

*
Cezar Alvarez disse que no último dia 23 de junho foi constituído o Fórum Brasil Conectado e, a partir de 63 ações que já haviam sido elencadas, o governo está recolhendo contribuições dos participantes para discutir os temas de maior polêmica e os de mais fácil execução.


“Nós estamos construindo um painel com as diferentes opiniões, que podem ser até contraditórias, e nos preparando para uma segunda rodada de aprofundamento dessas ações em meados de agosto. Estamos trabalhando internamente e recolhendo os posicionamentos das diversas entidades”, disse o assessor especial da Presidência da República.

Até a semana passada, de acordo com Alvarez, já havia mais de 15 contribuições de cerca de 60 entidades sobre diferentes temas. Tudo está sendo preparado por grupos de trabalho para que seja discutido durante três dias na reunião programada para agosto.

As entidades que participam do Comitê de Articulação Federativa são a Associação Brasileira de Municípios (ABM), a Confederação Nacional de Municípios (CNM) e a Frente Nacional de Prefeitos (FNP). Além do Programa Nacional de Banda Larga, elas debateram ainda o projeto de piso salarial dos agentes de saúde e a divisão dos royalties do petróleo.

"blog do acs eliseu diz: O que tem a ver essas representações com a administração federal? Que vinculo estar querendo o governo?"
Durante a reunião, foi aprovada proposta para enviar ao Congresso Nacional a solicitação para incluir a ABM, a CNM e a FNP formalmente, como representantes das prefeituras, no projeto de lei encaminhado pelo governo para a regulamentação do Comitê de Abarticulação Federativa. Também foi apresentado o relatório final do Grupo de Trabalho de Integração Fronteiriça, pela secretária de Programas Regionais do Ministério da Integração, Márcia Damo.

*

ACS E ACE, VOCÊ TEM VINCULO ESTREITO COM ALGUM PREFEITO? VÊJA O QUE ELES DESEJA PRA VOCÊ!

Piso para Agentes de Saúde é um dos problemas causados pelo Governo aos municípios, diz CNM



Após esclarecer, mais uma vez, que a Confederação não representa nenhum partido político

"blog do acs eliseu diz: A quem representa a Confederação Nacional dos Municípios = Prefeitos = PP=Partidos Políticos?!."



Willian Luiz - 2010-07-14 - 15:23:00 -


O impacto que o Piso Salarial dos Agentes Comunitários de Saúde irá causar nas finanças municipais e a partilha dos Royaltiesde Petróleo foram os temas destaques da reunião do Comitê de Articulação Federativa (CAF). Durante o encontro, que ocorreu na manhã desta quarta-feira, 14 de julho, o presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM) Paulo Ziulkoski falou sobre as consequências que as duas medidas causam. Ziulkoski é um dos integrantes do Comitê e representa a maioria dos Municípios brasileiros.

Após esclarecer, mais uma vez, que a Confederação não representa nenhum partido político e, sim, os interesses municipais, Ziulkoski avaliou que a situação dos Agentes Comunitários de Saúde é um exemplo dos problemas causados pelos 393 programas governamentais criados sem leis, por atos administrativos. Ele fez um breve resumo, em que explicou a forma como os Agentes se fortaleceram e, de um programa, se transformaram em uma categoria com um piso separado dos demais profissionais da Saúde.

“O programa nasceu da União, regularizado e agora o problema é nosso, dos Municípios”, disse referindo-se às dificuldades causadas pela Emenda que instituiu o piso salarial da categoria. Principalmente, em relação ao risco de as prefeituras se comprometerem com a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) para manter os profissionais com salário instituído pela Lei. “Alguém perguntou para os Municípios qual o impacto disso?”, questionou.

Ziulkoski recordou que foi vaiado pelos agentes no Congresso quando foi chamado para discutir este assunto, oportunidade em que denunciou a difícil situação que seria criada. “Agora, a questão do piso mostra o que ocorre com todos os outros programas”, salientou.

Em síntese, os representantes do governo demonstram preocupação com o que a decisão pode causar nas administrações municipais. Também foi unânime a importância de tentar buscar uma solução junto com os Municípios. Motivo pelo qual o tema foi incluído na pauta de debates.

O presidente da CNM aproveitou o momento para falar das dificuldades que os Municípios enfrentam para financiar a Saúde pública e a insistência do movimento municipalista para que o Congresso aprove o projeto que trata da regulamentação da Emenda 29 antes do período eleitoral. De acordo com Ziulkoski, os prefeitos voltarão à Câmara dos Deputados, em uma mobilização maior, para reivindicar a aprovação do projeto que é fundamental para a melhoria da Saúde pública.
*

PALAVRAS DA DILMA A TRÊS HORAS E MEIA DO DIA 14/07/2010

Fatima_Bezerra Além de representantes da Confederação Nacional dos Agentes Com de Saúde e de Combate às Endemias (Conacs), participarão vários deputados.

about 3 hours ago via web .

Fatima_Bezerra Daqui a pouco começa reunião do gov federal e a Conacs p/ continuar a discussão do projeto q trata da regulamentação do piso dos ACS/ACE.

terça-feira, 13 de julho de 2010

O MUNDO NÃO ACABOU! CÂMARA TERÁ DUAS SEMANAS DE VOTAÇÃO ATÉ AS ELEIÇÕES

13/07/2010 17h13 - Atualizado em 13/07/2010 17h13

Câmara terá só duas semanas de votações até as eleições

Por acordo, deputados farão “esforço concentrado”.
Líderes ainda não chegaram a acordo sobre pauta.

Eduardo Bresciani Do G1, em Brasília
A Câmara dos Deputados terá só duas semanas de votações até as eleições de outubro. A decisão foi tomada em reunião dos líderes da Casa nesta terça-feira (13). Pelo acordo, as votações no plenário da Casa acontecerão somente nos dias 3, 4, 5 e 31 de agosto e 1 e 2 de setembro.
O acordo sobre calendário foi o único fechado na reunião dos líderes. Eles não conseguiram evoluir na discussão de uma pauta para votação nestas semanas de “esforço concentrado”.
“A única coisa é que faremos o esforço concentrado nestas datas. Tudo o mais seguem na mesma, sem acordo”, afirmou o líder do PSDB, João Almeida (BA).
Segundo Almeida, o impasse segue sendo a votação do projeto que disciplina os gastos na área de saúde. Este projeto cria também a Contribuição Social para a Saúde (CSS), trecho que a oposição deseja derrubar. Com este objetivo, a oposição está em obstrução, enquanto o governo não aceita decidir sobre este tema durante o período eleitoral.
Outro entrave para definição da pauta é o projeto do pré-sal que cria um fundo social, muda o modelo de exploração de concessão para partilha e redistribui os royalties da exploração de petróleo no mar. O projeto tem urgência constitucional e tranca a pauta da Casa. O governo já anunciou que uma decisão sobre o tema só será tomada após as eleições, mas não aceita retirar a urgência deste projeto.
O líder do PDT, Dagoberto (MS), confirmou que a posição do governo é de não retirar a urgência dos projetos, o que tem atrapalhado qualquer acordo. ""BLOG DO ACS ELISEU DIZ:DEM e PSDB NÃO QUEREM O BEM DA SOCIEDADE!""“Diante disso não se pode votar nada”.
Por isso, o líder do PSDB já prevê que as duas semanas de esforço concentrado dificilmente terão votações. “No período de eleições, como é tradição, não se vota matéria que demanda polêmica”.
Apesar de o recesso formal começar a partir da próxima semana, os líderes já prevêem que nesta semana não serão realizadas votações devido à obstrução da oposição e ao baixo quorum em Brasília.
No Senado ainda não se fechou um acordo sobre quantas semanas de votação acontecerão durante o período eleitoral. O presidente da Casa, José Sarney (PMDB-AP), afirmou nesta terça que o primeiro desses esforços será feito nos dias 3 e 4 de agosto.

sexta-feira, 9 de julho de 2010

OLÁ COLEGAS

Estimados colegas dirijo-me a vocês representando a FRANCINE, colegas não estou blogando sempre porque estou de ferias, e ai não há muitas noticias até o momento que seja relevante, mais quero que saibam que estou sempre de olho e os amigos Brasília fora sempre mim manda noticias noticias DA CÂMARA, DO TWITTER, DO FACEBOOK, E ETC... é sempre um prazer informa-los em tempo de lutas e de vitorias principalmente de VITORIAS.


Colegas estou de ferias mais não esqueço vocês!

quarta-feira, 7 de julho de 2010

AS ULTIMAS HORAS DOS DEPUTADOS COM O GOVERNO SOBRE OS ACS E ACE

Reunião q deu continuidade às negociações com o gov federal sobre o texto do projeto de lei do piso dos ACS e ACE. 
Reunião q deu continuidade às negociações com o gov federal sobre o texto do projeto de lei do piso dos ACS e ACE.

sábado, 3 de julho de 2010

O QUE DEVEMOS FAZER !

Olá colegas ACS e ACE  de todo brasil, com certeza conhecemos e bem esse documento certo! Estamos transtornados com a atitude do nosso governo federal sabemos como usar este documente e o que devemos fazer com ele.
Seja um cidadõ legal seja um cidadão conciente.




E faça pessoas assim ficar longe de nós!

É COLEGAS, SEM LENÇO MAIS COM DOCUMENTO!

CARTA ABERTA

Olá Colegas,
Desde que assumi a presidência da CONACS, certamente vivi nessa semana os dias mais difíceis à frente dessa categoria. Ver frustradas nossas expectativas de regulamentação do Piso Salarial antes do recesso parlamentar é algo que nos trás muitas revoltas, principalmente por ter certeza de ter feito tudo o que se tinha a fazer. Porém, agora para avançar não depende somente de nossa vontade, e arrisco dizer, que não depende nem mesmo de nossas Mobilizações em Brasília. Só depende do Governo!
Essa conclusão ficou muito clara, nas últimas reuniões dessa semana, isso porque, caso os Parlamentares queiram aprovar um Projeto de Lei que obrigue o  Governo Federal a ter gastos, sem que o próprio Governo faça um projeto criando essas despesas, é considerado tal projeto inconstitucional.
Sendo assim, só nos restou duas alternativas: Negociar ou desistir de nossos sonhos nesse resto de ano e começar tudo novamente a partir do ano que vem.
A CONACS não vai desistir! E se ainda temos uma única chance, é nela que vamos conduzir nosso Movimento.
O Governo, diante das últimas reuniões políticas, chamou a CONACS para uma conversa, e apresentou um calendário de reuniões que irão incluir os representantes parlamentares e membros da categoria, e pediu o prazo de 1 mês e meio para encaminhar o Projeto de Lei à Câmara de Deputados.
Junto com essa proposta, o Governo lembrou que merece um voto de confiança da categoria, pois já nos foi favorável na aprovação da EC 51, na Lei 11.350/06 e na própria aprovação da EC 63.
É verdade que o apoio do Governo nessas conquistas foi fundamental, mas é verdade também que todas essas conquistas foram fruto de momentos políticos em que a categoria se fortaleceu e articulou apoios políticos de todos os partidos, seja de situação ou oposição.
Sendo assim, tenho o dever de esclarecer  aos colegas, que o Governo alegou não ter condições de definir sua proposta de Projeto de Lei antes da data de 15/07, mas assumiu o compromisso de encaminhar referida proposta para aprovação ainda no mês de agosto.
Esclarecemos ainda que na próxima semana estamos aguardando um parecer da AGU (Advocacia Geral da União) sobre a legalidade de se aprovar nosso Piso Salarial em período eleitoral, e sendo confirmada as nossas expectativas de legalidade, a CONACS dará continuidade às negociações, desde que se garanta a aprovação do Piso Salarial no prazo estipulado pelo próprio Governo, ou seja, até o fim do mês de agosto.  
Portanto, para dar continuidade às negociações, e também sabendo dos desgastes financeiros da categoria com as constantes Mobilizações, estamos suspendendo as Marchas no mês de julho, que deverão ser organizadas a partir do dia 16/08, o que não significa que não haverá mobilização, pois nossos diretores e lideranças estaduais estão convocadas para se fazerem presentes em Brasília até que se conclua as negociações com o Governo.
Sei que somos brasileiros, e não desistimos nunca! Por isso, peço apoio de todos nessa difícil decisão, e principalmente UNIÃO, para vencermos todos os obstáculos.
A UNIÃO FAZ A FORÇA!
Ruth Brilhante
Presidente da CONACS